Construção e execução de projetos de vida

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), homologada em 2018, vêm no intuito de instituir conteúdos mínimos para os sistemas de ensino público e privados. Para isso, postula que devem ser desenvolvidas dez competências gerais, sendo a sexta relacionada à prática reflexiva de construção de um projeto de vida e suas relações com o mundo do trabalho. Sendo assim, temos aí uma noção de projeto de vida como um direito de aprendizagem e desenvolvimento. Mas se pode – ou mesmo se deve – ir além do mundo do trabalho como matriz para o desenvolvimento de projetos de vida: para se alcançar os objetivos de uma educação integral buscados pela instituição da BNCC, se faz indispensável alocar as possibilidades de entendimento do que é um projeto de vida como sendo eixos ao redor dos quais a própria escola deve ser pensada. 

 

O presente curso visa, então, fornecer material para a execução de um ciclo de reflexões e atividades que tem como objetivo, proporcionar situações de aprendizagem em que o professor e o aluno possam entrar em contato com sua capacidade de re-criar seus desejos e construir, de maneira objetiva, as condições necessárias para realização da construção de projetos de vida.  

 

Objetivos

Espera-se que, ao final do curso, você seja capaz de:

 

  • subsidiar o processo construção e execução de projetos de vida;
  • realizar debate sobre as profissões e o mundo do trabalho;
  • discutir sobre empreendedorismo juvenil;
  • fomentar um processo para que não apenas você, professor, mas também seus alunos possam ser produtores de conteúdos e propostas.

 

Programa

[Trilha 1] BNCC e Projeto de Vida: aportes históricos e políticos

[Trilha 2] Valorização das infâncias e juventudes

[Trilha 3] Investigar para Projetar

[Trilha 4] Para finalizar, o que é mesmo que não pode faltar?

 

Público-alvo:

Público-alvo: Professores do Ensino Médio

 

Sobre os autores

Angélica Kimie Inada é graduada e licenciada em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas, mestre em educação pela Faculdade de Educação da Unicamp. Atualmente, professora de Educação Básica na cidade de Campinas/SP.

Elaine Narcizo Educadora popular em comunidades periféricas, docente e coordenadora de núcleo de pesquisas em universidades, coordenadora de Centros de Referência da Assistência Social, coordenadora de Projetos Sociais Sócio-Educacionais, atriz, poeta e escritora. Formação: Mestra em Serviço Social, especialista em Arte Educação e livre docente em fé na vida.

Adelaide de Estorvo Educadora popular em Cursinhos Pré-Vestibulares, atuou também em espaços de educação formal junto a rede de ensino pública e privada. Desenvolveu trabalhos de consultoria e formação de educadores em gênero e sexualidade em diversas instituições, públicas e privadas, de ensino, arte e cultura. É pesquisadora e escritora. Formação: Bacharela e licenciada em História e Mestra em Ciências Sociais.