Avaliações da aprendizagem

O objetivo deste curso é que vocês, professores, possam ver e/ou rever concepções e práticas de avaliação e refletir sobre sua importância nos contextos escolares e na gestão dos sistemas de ensino, bem como discutir alguns dos desafios postos aos educadores na atualidade com relação a essa questão.

Objetivos

Espera-se que, ao final deste curso, você seja capaz de:

• refletir sobre as diferentes abordagens da avaliação educacional, discutindo conceitos e processos envolvidos;

• ampliar o domínio de concepções e processos avaliativos;

• analisar diferentes instrumentos e práticas de avaliação e sua relação com o planejamento;

• posicionar-se em relação às concepções pedagógicas que fundamentam a prática avaliativa;

• elaborar instrumentos de avaliação, respeitando os objetivos previstos para a disciplina;

• conhecer a expectativa da excelência escolar na proposta de escolarização de todos e as teorizações sobre produção do fracasso escolar, além de ampliar a reflexão sobre o modo como a escola lida com erro;

• conhecer como é obtido o Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica e refletir acerca das possibilidades de medir a qualidade do ensino. ;

Programa

[Trilha 1] História da avaliação.

[Trilha 2] Conceituando os diferentes tipos de avaliação.

[Trilha 3] Planejamento escolar e avaliação da aprendizagem.

[Trilha 4] Instrumentos e práticas de avaliação.

[Trilha 5] Avaliação e enfrentamento do Fracasso Escolar.

Público-alvo:

Professores do Ensino Fundamental – anos finais e Ensino Médio

Sobre os autores

Cristiane Boneto – Autora e assessora pedagógica, formada em Pedagogia pela USP, mestra em Educação Matemática pela PUC-SP, pós-graduada em Fundamentos do Ensino da Matemática pela UNIFRAN em parceria com o MATHEMA e MBA em Gestão Escolar pela USP.
Maria Estela Lacerda Ferreira – Pedagoga, formadora de professores, professora do curso de Pedagogia no Instituto Singularidades desde 2003, mediadora de cursos EaD, coach, mestranda em Supervisão Pedagógica pela Universidade Aberta de Portugal.
Andrés Reyes- Trabalha há 25 anos com Educação Básica. Atualmente é professor dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Superior. Pesquisador na área de formação de professores.
Sônia Maria Pereira Vidigal – Doutora em Educação (USP/HGSE), membro do GEED/USP, professora do Instituto Singularidades e formadora de professores. Atuou como professora e coordenadora pedagógica na escola básica por mais de 20 anos.