Olimpíadas de Ciências com ênfase em Física

O curso foi desenvolvido para atender professoras e professores do Brasil sobre as Olimpíadas de Ciências, neste momento direcionado à disciplina de Física como modelo. As Olimpíadas de Ciências são eventos voltados para os alunos do ensino básico, de forma a realizem a discussão de problemas com um grau de liberdade maior, fazendo-se valer de conceitos pedagógicos diversos e, permitindo a criação de um ecossistema acadêmico com mais autonomia para os estudantes, com ganhos no processo de aprendizagem e de engajamento. Tudo isso só é possível com o protagonismo do professor e de uma estrutura em rede, entre: família, professores e equipe técnica da escola.

  

Objetivos

 

 Espera-se que, ao final do curso, você seja capaz de:

  • Promover a imersão dos professores de ciências nas principais olimpíadas de conhecimento no Brasil e no mundo.
  • Realizar atividades de olimpíadas, alta performance e competições com os alunos seja em ambiente de sala de aula ou em plataformas.
  • Associar metodologias de aprendizagem e conceitos pedagógicos com os eventos de olimpíadas.
  • Entender o funcionamento, a didática e o conteúdo das principais olimpíadas de Física no Brasil e no mundo.

 

 

Programa

 

  • [Trilha 1] Olimpíadas de Ciências e de Conhecimento na Escola
  • [Trilha 2]  Mecânica na OBF e em Competições Internacionais
  • [Trilha 3] Técnicas Experimentais para OBF

  

 

Público-alvo:

Professoras e professores do Brasil com interesse  Olimpíadas de Ciências

  

Sobre os autores

 

Francisco Odivaldo Teixeira Júnior

Professor de Física, Liderou, Supervisionou e Implementou projetos de Olimpíadas de Ciências e Conhecimento por 14 anos em escolas, ainda, atuou integrante de equipes brasileiras em 13 edições de olimpíadas internacionais. Atualmente é Gerente de Soluções Educacionais com ênfase em Gestão de Alto Desempenho, Projetos Educacionais em Plataformas Digitais, Alta Performance Acadêmica, Olimpíadas de Ciências e Admissão para Instituições Internacionais.

Interesse: Adaptive Learning, High-performance Students, e-Learning & Tutoring. 

 

Ivan Guilhon Mitoso Rocha

Engenheiro eletrônico e doutor em física atômica e molecular no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Conquistou mais de 20 olimpíadas científicas nacionais e internacionais, entre elas a medalha de prata na Olimpíada Internacional de Física (IPhO) em 2009 e 1o lugar no prêmio IFT-ICTP para jovens físicos em 2012. Professor observador da delegação brasileira na Olimpíada Internacional Júnior de Ciências (IJSO) em 2015.  Autor do livro ‘Física em Nível Olímpico’, publicado em 2017. Trabalha como professor e pesquisador no grupo de materiais semicondutores e nanotecnologia do ITA desde 2018.

 

Romário Souza Magalhães

Graduado no curso de licenciatura em física pelo Instituto Federal do Ceará, onde participei do grupo astronômico GEPAC. Atuei por 2 anos como professor de física experimental, onde participei no treinamento para IPHO, EUPHO, Iberoamericana de Física, IYPT, IJSO e OBF. Atuo como professor de física em escola profissional do estado do Ceará.

 

Jurandi Samuel Almeida Campelo

Graduando de Bacharelado e Licenciatura em Química na Universidade de São Paulo (USP), onde participa de uma pesquisa relacionada à síntese de complexos de lantanídeos para aplicação em catálise de transformação de dióxido de carbono supercrítico. Ao longo de seu ensino básico obteve mais de 30 premiações acadêmicas, sobretudo em olimpíadas científicas de Química e de Física. Trabalha com o ensino de Ciências e sua democratização desde os 15 anos de idade.