Entrevista com João Cury Neto: o aluno no centro da discussão

por | set 18, 2018 | Artigo, BNCC

João Cury Neto foi um dos participantes do evento de lançamento da plataforma BNCC na Prática. Na ocasião, aproveitamos para conversar com ele sobre a implementação da Base. Confira o que o atual Secretário da Educação do Estado de São Paulo tem a dizer sobre o tema.

Segundo João Cury, apesar de não ter unanimidade, a BNCC vem responder uma demanda da sociedade, das comunidades escolares, inclusive dos alunos, de ressignificar a escola. Ele destaca que, já que esse processo irá impactar diretamente a vida do aluno, é preciso garantir a participação desse ator central durante as discussões sobre a implementação da Base. Pontua ainda que é preciso sair do discurso e ir para a prática – normalmente as decisões são tomadas de cima para baixo –, mas para exercitar a participação é preciso tempo e “radicalizar a informação”.

Junto com o aluno, o professor é uma das partes interessadas que mais será afetada, porque a BNCC demandará mudança de comportamento e até de modelo mental de alguns professores.

Para o entrevistado, na educação há um lugar que é sagrado: a sala de aula. Por isso, “se a gente quiser implementar mudança distante da sala de aula, nós vamos ter muitos problemas”.

Ele destaca que, neste processo de implementação da base, é preciso que secretários e gestores estabeleçam diálogo, respeito e se coloquem no lugar do professor.

 

Para João Cury, o grande desafio do setor público na implementação da BNCC é a articulação de todos os atores envolvidos (União, estados e municípios). E o currículo deve ser discutido, dialogado por todos esses atores para que todos os ciclos da educação básica tenham uma política integrada.

Ele cita o exemplo da rede de São Paulo – uma das maiores do mundo, com cerca de 4 milhões de alunos, distribuídos em 5.400 escolas –, que vem trabalhando com a Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação de SP) para essa construção conjunta entre estado e municípios.

“O grande desafio é dialogar, para que todos participem desse processo, compreendam o que está sendo proposto e possam, inclusive, influenciar nas decisões que nós estamos tomando. Portanto, radicalizar a participação”.

João Cury Neto é o atual Secretário da Educação do Estado de São Paulo. Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), em Campinas, e especialista em Direito Tributário pela Universidade de Bologna, na Itália, foi prefeito de sua cidade natal, Botucatu. Foi também presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), órgão responsável por viabilizar a execução das políticas educacionais definidas pela Secretaria da Educação.

Avatar